Argus-a Vol. IX Edición N° 36 / Junio 2020 / ISSN 1853-9904 / Index: MLA y Latindex / Bs. As.- Argentina
Escreviver para sobreviver: porque já morremos muito
Viviani Cavalcante de Oliveira Leite y Edgar Cézar Nolasco / Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) /Brasil
Vol. IX Edición Nº 35

Foto: Esclava babá y ama de leche con el niño Eugen Keller en la provincia de Pernambuco, 1874.

Este trabalho propõe uma leitura de cunho crítico biográfico, uma vez que, tal reflexão será respaldada, a priori, nos pressupostos da crítica biográfica (Souza). Assim o objetivo deste trabalho será empreender uma leitura de como a violência instaurada contra as mulheres negras desde a escravatura reflete nas obras literárias afro-brasileiras, tomando como ilustração duas produções literárias da escritora mineira Conceição Evaristo, o conto “Macabéa, Flor de Mulungu” (2012) e o poema “De mãe” (2017). A noção de arquivo (2001) derridiana e o conceito de escrevivência cunhado por Evaristo, também serão de suma importância para ilustrar esta reflexão e criar as pontes metafóricas necessárias para empreender um exercício arquiviolítico que transitará entre vida/obra/teoria e possibilitará a inscrição e inserção de corpos escreviventes considerando suas respectivas sensibilidades biográficas

Abstract

This paper proposes a biographical reading, since such reflection will be supported, a priori, on the assumptions of biographical criticism (Souza). Thus the aim of this work will be to undertake a reading of how violence against black women since slavery reflects in Afro-Brazilian literary works, taking as illustration two literary productions of Minas Gerais writer Conceição Evaristo, the tale “Macabéa, Flor de Mulungu” (2012) and the poem “Mother” (2017). The Deridian notion of archive (2001) and the concept of  escrevivência coined by Evaristo will also be of paramount importance to illustrate this reflection and to create the metaphorical bridges necessary to undertake an archiviolitical exercise that will transit between life / work / theory and enable the inscription and insertion of scribing bodies considering their respective biographical sensitivities.

  • Compartir: